quarta-feira, 24 de março de 2010

Vamos lá ver se a senhora é assim tão má!

«Quando amamos alguém, não perdemos só a cabeça, perdemos também o nosso coração. Ele salta para fora do peito e depois, quando volta, já não é o mesmo, é outro, com cicatrizes novas. Às vezes volta maior, se o amor foi feliz, outras, regressa feito numa bola da de trapos, é preciso reconstruí-lo com paciência, dedicação e muito amor-próprio. E outras vezes não volta. Fica do outro lado da vida, na vida de quem não quis ficar do nosso lado.»


"O dia em que te esqueci" de Margarida Rebelo Pinto

3 comentários:

Miss Kin disse...

Bem se leio esse livro agora, vão rolar pacotes inteirinhos de lenços de papel...

Vania disse...

tenho a dizer q comprei esse livro na 2ª feira e acabei de ler hoje. recomendo*

Catarina disse...

Também li o livro. É uma espécie de desabafo partilhado, e talvez por isso não tenha gostado muito.
É, no entanto, preciso o reconhecimento de que ela escreve bem!