sábado, 16 de fevereiro de 2008

13/2/2008

"Um dia perguntaste-me se "alguma coisa dura para sempre" eu respondi que "gosto de acreditar que sim". Quero acreditar que tu és mais uma pessoa que entrou na minha vida e vai permanecer.
Não queiras sair , nem sequer penses nisso. Por isso respira! E desfruta estes segundos que estás a perder ao ler estas poucas palavras que são o resultado de muitas horas de conversa e de contacto. Guardo cada hora, cada minuto num lugar especial.
Segue o meu conselho e fica assim bem perto de mim com este sorriso, porque quero continuar a "olhar para ti e ver e que eu vejo".
Não te quero como uma história perdida no tempo, não te quero recordar.
Não quero que faças parte do que aconteceu, mas do que acontece...
Não te quero como certo, nem como uma salvação.
Não te quero sempre aqui...mas quero-te para mim."

2 comentários:

Vânia Reis disse...

ai como ela está! lol mas...é bom ver-te assim =)***

Angela disse...

gostei tanto de ler isto!!! muito mesmo... é bonito de ler! muito bonito!:)