quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

"Ciúme"

Esquece-me. Quero andar
Ao sabor do meu instinto
Cultivado na desgraça.
O amor,
- Deixa um travo, mas passa.
Não tenhas pena.
Do alto do meu aprumo
Desafio a tua verve:
- Para morrer,
Qualquer lugar,
Qualquer corpo,
E qualquer boca me serve.



António Botto

6 comentários:

Anónimo disse...

Este blog é neste momento não mais do que o espelho do que te vai na alma. É confuso,pouco "teu", sem nexo, e infelizmente muitas vezes de pouco conteúdo. Este blog não é a Clara, mas o que tu lhe queres dar..
Os posts têm uma escrita que te agrada, mas que decerto não dominas,parece se muito com um puzzle, em que cada dia colocas uma peça ao acaso.
Mas parecem de puzzles diferentes não ?
Estás confusa, mas julgas-te em lucidez, julgas-te cansada, mas não te cansa procurar por "ele".
Um concelho de amigo de verdade.
Procura primeiro por ti. Quando te encontrares,ja ele dormirá nos teu braços.


Cumprimentos sinceros *

Amarguinha disse...

Meu caro anónimo!

Existem muitos blogs, este é apenas mais um.
Infelizmente tive a triste ideia de o divulgar um pouco e com isso vieram as visitas indesejadas e inesperadas, que acredite muitas não são bem-vindas.
Este é um espaço MEU, aberto, mas onde sou livre de colocar o que quero, de escrever o que quero e de fazer o que quero.

Não escrevo para agradar ninguém, não escrevo para ter comentários.

Jáque se deu ao trabalho de comentar, dê-se também ao trabalho de ler o primeiro texto que escrevi quando iniciei o blog. Irá perceber, que o blog não está a ser feito para ter um "corpo", não há uma formula mágica nem tão pouco uma receita.

E já que parece conhecer a "clara" tão bem, para fazer afirmações como "Este blog não é a Clara, mas o que tu lhe queres dar.." seria agradável da sua parte identificar-se "amigo de verdade".

Em relação ao que escrevo e a forma como escrevo, só a mim me diz respeito, se cá vem é porque gosta, ou então por simples curiosidade. Pouco me importa..
Com muito,pouco digo meu caro anónimo...


E só mais um CONSELHO... não fale do que não sabe! Está-se a expor ao ridiculo.

Caracóis disse...

Nao querendo "lançar axas à fogueira"... o sr anonimo nao esteve no seu melhor ao manisfestar essa opiniao aqui neste local... a amarguinha tem direito a escrever como e o que bem lhe apetece. Confuso ou nao...
Além de mais, os verdadeiros amigos nao expoem essas opinioes em blogs, mas sim na privacidade duma conversa frente a frente.
Aí sim... é que "a porca torce o rabo"!

Mas toda gente erra e, por isso, senhor anonimo, nao querendo ser melhor que ninguem, sugiro que para uma proxima, tente expressar pessoalmente ou na privacidade a sua opiniao à amarguinha. Correrá melhor*

Amarguinha, dsc mas tive d m manifestar! * Tens smp o direito d apagar s kiseres!

Take Me As I Am disse...

Ai clarinha clarinha..esta gente..
Nem te digo nem te conto..
enfim..passa pra outra que atrás de um anónimo há sempre outro =/

Bejo querida ;)

clara* disse...

Coitado, só comentou porque só assim é que tem lugar no blog...ou seja na minha vida...lol

Ricardo Reis disse...

a clara arrasou, não!?

p.s: btw, o poema também está giro ;oD